MAIS TELEFONIA pretende ser um espaço de análise sobre a rádio em Portugal... do lado do ouvinte. Aqui iremos descobrir o verdadeiro prazer da rádio. Iremos escolher os + e - da Telefonia, ver o que há de novo. Conversar com quem a faz e quem a ouve.
tags

todas as tags

Pesquise em Mais Telefonia
 
Terça-feira, 6 de Novembro de 2007
+ e - de Outubro
Mais
 
M80
 
A “M80” está a dar os seus passos. Está a criar a sua nova identidade e não se limita a colocar só no ar as músicas das décadas passadas. É certo que a década de oitenta está na moda (como se comprova com o resultado das festas temáticas que a Renascença organizou), mas a “M80” parece querer mais. E assim surge no “top 10”, segundo os dados da Marktest, e possibilita uma maior interacção com os ouvintes, através dum novo e atraente site.
 
Grandes “Conversas de Raparigas”
A nova grelha da “Antena 3” trouxe um programa formidável, “Conversas de Raparigas”. A “Antena 3” à sexta-feira fica mais adulta, com uma conversa informal (e bastante familiar) da Ana Bola com Teresa Caeiro. A dupla resulta muito bem (muito melhor do que a original), e a Mónica Mendes como “moderadora” está nas suas “sete quintas”. Parabéns por este programa semanal e já fazia falta ouvir o feminino sem ser feminista. São conversas de raparigas, mas com a entrada permitida para o sexo masculino.
 
Memória de anúncios
A “Robbialac” voltou outra vez a cantar na rádio a célebre canção “Stucomat é uma grande tinta…”. E recordar este hit de 1988 é uma verdadeira preciosidade. Por instantes valeu a pena viver este “momento mágico”.
 
Tira a  teima dos Clã
Com o novo disco “Cintura”, os “Clã” são uma presença assídua nas “playlists” das rádios. O single “Tira a teima” já toca, felizmente, em todas as estações (a “RFM” foi a que mais se atrasou… e porquê??), e é uma música bem disposta! Que os “Clã” de Manuela Azevedo tirem a teima mais vezes. E novas músicas deste disco já se começam a ouvir!
 
A nova grelha da TSF
A TSF arrancou com novidades nas suas emissões. Tal como se escreveu no mês passado, a atitude (de dinâmica nas grelhas de programação) mostra algum respeito pela sua audiência, pelas outras estações concorrentes e pela vontade de não cair na monotonia. Infelizmente o site da “TSF” ainda não soube actualizar a grelha. Pois!
 
Menos
 
A falta de Enrique
A “RFM”, para além de ser líder (e parabéns pelo feito!), quer estar sempre presente nos maiores eventos musicais. Em Outubro o destaque foi para o concerto do Enrique Iglésias. Até aqui tudo muito bem! O “menos” foi para a ausência do Enrique numa (possível!) conversa, no ar, com o Júlio Heitor. A desculpa de não estar, naquele momento disponível, foi francamente infeliz! Mas ainda bem que o Júlio Heitor tem o dom da diplomacia e conseguiu dar a volta. Com o humor que lhe é característico soube brincar com a situação. Mas ficou mal esta nódoa no ar!
 
Rádio sem rádio
O novo filme de Jodie Foster, “A Estranha em Mim”, é a história de uma locutora de rádio de Nova Iorque. E por ter a rádio como “pano de fundo”, deveria, pelo menos, ter o apoio de uma estação. E seria o golpe de mestre! Contudo estreou e nenhuma deu o seu devido destaque. E porquê? Até parece que a rádio voltou as costas… à rádio.
 
Querer mostrar os “bastidores”
É cada vez mais habitual, pelo menos Outubro foi, a publicidade em rádio querer mostrar o ambiente de pré-gravação. Um anúncio a um carro, emitido na primeira quinzena de Outubro, pecou pela falta de originalidade. A locutora está a gravar e fica espantada com o valor em euros e até pergunta se é mesmo verdade. Poderia ter graça… mas não tem. E mostra um “amadorismo” que não é eficiente!
 
Vozes femininas
São muitas as rádios que, nos seus programas, colocam as vozes femininas em segundo plano. Umas estão a ajudar os animadores no programa, e até entram, por vezes, na emissão… mas depois não chega a ser “formal” e parecem ser quase “uma muleta” para aligeirar o conteúdo. Outras, fazem parte da equipa das vozes do programa, mas… não se chegam a afirmar e depois o seu nome parece ser um adereço decorativo na ficha técnica. Que pena!
publicado por mais-telefonia às 00:00
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De vitoscano a 6 de Novembro de 2007 às 18:03
Concordo consigo em quase tudo, mas não acha que no caso da antena3 é um pouco má ideia possuir na programação 2 programas femininos(nada contra eles) um Sexta ao fim da tarde e outro ao Domingo ao fim da manhã e tambem ter uma versão perneta do programa da Sic Mulher Prazer dos Diabos, ás Sextas, depois das 17h?O problema da RFM é mesmo esse é a lider e por isso deixa-se ficar á sombra da bananeira deixando-se atrasar, demorando a colocar no ar coisas como a nova dos Clã ou do Jorge Palma(já a Comercial a passava á uns dias e eles nada).A TSF ou mudava algo ou então o RCP ia tirar-lhe alguma da audiência.A M80 só é pena não se escutar a nivel nacional(mas tambem não a oiçam só a ela se não não vão conhecer as novidades).

Comentar post

O que se tem escrito aqui...

+ e - de Janeiro 2009

Antena 1 em 2009

Antena 3 em 2009

Rádio Renascença em 2009

"Top 10" 2008 e 1998 - IV...

"Top 10" 2008 e 2003" - ...

"Top 10" 2008 e 2007 - IV...

"Top 10" IV e I Trimestre...

"Top 10" IV e II Trimestr...

"Top 10" IV e III Trimest...

Arquivo

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

algo sobre a Mais Telefonia e escreva para mais-telefonia@sapo.pt
subscrever feeds